Seguidores

quarta-feira, maio 23, 2007

Ilustrações, ilustrações...

Já repararam como os livros de literatura dirigidos à infância têm umas ilustrações soberbas?
A 11ª edição do Prémio Nacional de ilustração acabou de dar conhecimento dos prémios atribuidos este ano que distinguiram Teresa Lima pelo conjunto de desenhos feitos para a obra “Histórias de Animais”, com texto de Rudyard Kipling.

As duas menções especiais foram atribuídas, respectivamente, às ilustrações do livro “Pê de Pai”, da autoria de Bernando Carvalho (texto de Isabel Martins, editado pela Planeta Tangerina) e aos desenhos de “Uma mesa é uma mesa, será?”, de Madalena Matoso (texto da mesma autora e publicado pela mesma editora).

O Prémio Nacional de Ilustração foi criado em 1996 pelo Ministério da Cultura/IPLB e a APPLIJ – Secção Portuguesa do IBBY (Internacional Board on Books for Young People) -, com o objectivo de promover a ilustração de livros para a infância e a juventude originalmente editados em Portugal.

O Prémio Nacional de Ilustração distingue todos os anos um ilustrador pelo conjunto de desenhos originais publicados numa obra para crianças ou jovens editada no ano anterior e pode, ainda, distinguir mais dois ilustradores através da atribuição de duas menções especiais.

1 comentário:

Ana Tarouca disse...

Virgínia,
a ilustração é componente fundamental do livro infantil, dialogando e envolvendo as palavras. Temos grandes ilustradores em Portugal. Teresa Lima está dentro deste grupo.
Bjs
Ana T.

LED Text Scroller

Na minha terra conta-se que, no inverno, à lareira, quando ainda não havia as modernices de hoje, pais e avós juntavam-se para contar histórias. As mães diziam: Venham meninos vamos às contas! Claro que não eram só os meninos que se juntavam. Era a família inteira e mais os vizinhos e até os animais que lá por casa passeavam se aninhavam para saborear mais uma noite de histórias, contos, ditos e mexericos...